wok-testeira

Sobre

A Arcsolar é uma empresa voltada para o planejamento e a execução de projetos de utilização de energia solar como forma de reduzir despesas com eletricidade, aumentar a confiabilidade do fornecimento de energia, criar um diferencial competitivo, além, claro, de agir de maneira ecologicamente correta.
Nossa empresa possibilita que seus clientes tornem-se geradores de sua própria energia, utilizando um sistema fotovoltaico conectado à rede pública. Além disso, criamos sistemas independentes de rede e também oferecemos a possibilidade de armazenar esta energia gerada – que é utilizada como proteção em uma eventual falha da rede.
A partir de uma criteriosa avaliação, definimos o perfil de consumo, as necessidades e os objetivos de cada cliente. Com estas informações nós desenvolvemos projetos únicos e específicos, que atendam as necessidades individuais de cada um.
A Arcsolar busca, com qualidade e competência, solucionar os principais problemas associados a geração e distribuição de energia hoje no Brasil: o alto custo e a precariedade.

Energia Alternativa

Como surgiu a ideia desse projeto de energia alternativa?

A partir da regulamentação da ANEEL no. 482 de dezembro/2012, que possibilitou aos consumidores de energia (pessoa física e jurídica) injetar no sistema de distribuição a energia gerada através de microgeração e minigeração. De maneira bastante simples, o consumidor final paga somente a diferença entre o que gerou de energia e o que consumiu de energia.

Como se pode definir o produto idealizado e fornecido por vocês e como a Arcsolar define sua atuação? Qual a linha de trabalho desenvolvida por vocês?

Nossa empresa, a Arcsolar, é focada em projeto e aplicação de sistemas fotovoltaicos. Através de uma avaliação individual do cliente, são determinadas as necessidades e os objetivos buscados, e dessa forma elaborado um projeto único e específico visando atender essa demanda. Trabalhamos com os melhores fornecedores e parceiros do setor, porém não estamos presos a exclusividade, e podemos buscar a melhor relação custo-benefício para cada projeto, mesmo não utilizando os produtos de nossos parceiros preferenciais. Nosso objetivo é reduzir a despesa com consumo de energia elétrica através de uma solução ecologicamente correta. Atuamos com microgeração e minigeração na área residencial e comercial, com geração em larga escala, além de produtos diferenciados como no-breaks solares e sistemas autônomos para iluminação de rodovias, ruas, praças e etc.

Quais são os pontos básicos a serem ressaltados na Arcsolar?

Empresa de projeto e aplicação. Projeto específico para cada cliente. Utilização dos melhores componentes. Sistema com garantia de ART tanto para projeto quanto para instalação. Instalação simples, que não altera o projeto elétrico atual. Dois sistemas básicos adaptáveis às necessidades de cada cliente: geração de energia e/ou proteção contra falta de energia. Tecnologia consolidada mundialmente. Investimento cada dia mais vantajoso considerando o aumento constante do preço da energia elétrica. Possibilidade de gerar a energia em um local e utilizar o crédito em outro, caso seja na mesma concessionária. Por exemplo, uma pessoa tem um apartamento em POA e uma casa em Atlântida (litoral), as duas cidades são atendidas pela CEEE, com isso ele pode instalar o sistema fotovoltaico em sua casa na praia e escolher abater o crédito gerado do consumo de energia em seu apartamento em POA.

Quais os benefícios gerados por estes produtos?

Os benefícios essenciais são redução na despesa com energia elétrica e/ou proteção contra falta de energia através de um sistema ecologicamente correto.

Pode ser mensurada a questão custo-benefício para as empresas que colocam em prática este projeto?

Com certeza. O payback do investimento pode ser calculado tranquilamente. Mas também existem questões intangíveis associadas ao produto, principalmente em relação a sustentabilidade e a proteção contra queda. Hoje, nos estudos que já desenvolvemos, considerando uma correção anual extremamente conservadora (5%) comparando aos atuais aumentos do preço da energia (20% a 30% em média), o payback para um sistema residencial está por volta de 4 a 6 anos. Já o comercial, por ter um custo de energia mais baixo, está na faixa de 8 a 10 anos.

No Brasil, essa ação é pioneira?

É um mercado novo no Brasil que está se consolidando aos poucos. Existem diversos projetos já realizados e outros tantos em andamento. A tecnologia fotovoltaica não é nova, existe há muito tempo mas era inviável economicamente. Hoje, o custo do sistema caiu muito e a regulamentação da ANEEL no. 482 abriu em definitivo a oportunidade. Especificamente no RS, junto a concessionária RGE, a Arcsolar foi a primeira empresa com um projeto pronto e operacional. O medidor de energia bi-direcional, que permite tanto o registro do consumo quanto da geração, foi instalado no dia 15 de julho de 2014.

Como este produto é visto no resto do Mundo?

É uma tecnologia consolidada mundialmente. Os principais pólos mundiais, em termos de utilização de energia fotovoltaica em microgeração e minigeração, são Alemanha, Espanha, Itália e Portugal. Os Estados Unidos entraram forte neste mercado há alguns anos e a China, hoje, é o maior produtor de módulos fotovoltaicos no mundo, o que ajudou a reduzir muito o custo destes equipamentos.